July 15, 2011

Abbey & Meredith


Li isto num post no tumblr, julgo que não é o blog original mas sem dúvida que é um episódio da vida bem original! Não resisti em compartilhar convosco aqui, estas palavras que... simplesmente são de derreter o coração!

"A nossa cadela de 14 anos, Abbey, morreu no mês passado. No dia seguinte, a minha filha de 4 anos Meredith estava a chorar e falava sobre o quanto ela sentia a falta da Abbey. Perguntou-me se poderíamos escrever uma carta a Deus de modo a que, quando Abbey chegasse ao céu, Deus a reconhecesse. Disse-lhe que sim então ela ditou estas palavras:

Querido Deus,
Por favor, cuidas da minha cadela? Ela morreu ontem e está contigo no céu. Eu sinto muito a falta dela. Estou feliz que me deixaste tê-la como minha cadela mesmo que ela tenha adoecido.
Eu espero que brinques com ela. Ela gosta de brincar com bolas e nadar. Envio-te uma foto dela assim quando a vires saberás que é a minha cadela. Eu sinto mesmo muito a falta dela.
Com amor, Meredith.


Colocámos a carta num envelope com uma foto da Abbey com a Meredith e no destinatário escrevemos Deus / Céu. Colocámos o nosso endereço no remetente. A Meredith colou vários selos na frente do envelope porque seriam precisos muitos selos para a carta fazer o caminho todo até ao céu, disse ela. Naquela tarde, deitámos a carta na estação de correios.

Poucos dias depois, perguntou-me se Deus já tinha recebido a carta. Eu disse-lhe que pensava que sim. Ontem, estava um pacote embrulhado em papel dourado na nossa varanda da frente, endereçado "Para a Meredith" com uma letra que não era familiar. A Meredith abriu. Dentro havia um livro de Mr. Rogers chamado "Quando um animal de estimação morre". Colado no verso da capa estava a carta que escrevemos para Deus no seu envelope já aberto. Na página ao lado estava a foto da Abbey com a Meredith e esta carta:

Querida Meredith,
A Abbey chegou com segurança ao céu. A tua foto foi uma grande ajuda. Reconheci Abbey imediatamente.
A Abbey não está mais doente. O seu espírito está aqui comigo tal como está no teu coração. A Abbey adorava ser a tua cadela.
Uma vez que não precisamos dos nossos corpos no céu, não tenho bolsos para guardar a tua foto então envio-ta de volta dentro deste pequeno livro para que tenhas algo para te recordar da Abbey.
Obrigado pela linda carta e agradece à tua mãe por ajudar-te a escrevê-la e enviá-la para mim. Que mãe maravilhosa tens. Eu escolhi-a especialmente para ti.
Mando-te as minhas bençãos todos os dias e lembra-te que te amo muito. Já agora, sou fácil de encontrar, eu estou onde quer que haja amor.
Com amor, Deus ...




I read this on a tumblr's post, I don't think it's the original blog but I do think it's an original life episode! I couldn't resist sharing with you here, these words that.. just melted my heart away!

"Our 14 year old dog, Abbey, died last month. The day after she died, my 4 year old daughter Meredith was crying and talking about how much she missed Abbey. She asked if we could write a letter to God so that when Abbey got to heaven, God would recognize her. I told her that I thought we could so she dictated these words:

Dear God,
Will you please take care of my dog? She died yesterday and is with you in heaven. I miss her very much. I am happy that you let me have her as my dog even though she got sick.
I hope you will play with her. She likes to play with balls and to swim. I am sending a picture of her so when you see her You will know that she is my dog. I really miss her.
Love, Meredith


We put the letter in an envelope with a picture of Abbey and Meredith and addressed it to God/Heaven. We put our return address on it. Then Meredith pasted several stamps on the front of the envelope because she said it would take lots of stamps to get the letter all the way to heaven. That afternoon she dropped it into the letter box at the post office.

A few days later, she asked if God had gotten the letter yet. I told her that I thought He had. Yesterday, there was a package wrapped in gold paper on our front porch addressed, ‘To Meredith’ in an unfamiliar hand. Meredith opened it. Inside was a book by Mr. Rogers called, ‘When a Pet Dies.’ Taped to the inside front cover was the letter we had written to God in its opened envelope. On the opposite page was the picture of Abbey & Meredith and this note:


Dear Meredith,
Abbey arrived safely in heaven. Having the picture was a big help. I recognized Abbey right away.
Abbey isn’t sick anymore. Her spirit is here with me just like it stays in your heart. Abbey loved being your dog.
Since we don’t need our bodies in heaven, I don’t have any pockets to keep your picture in, so I am sending it back to you in this little book for you to keep and have something to remember Abbey by.
Thank you for the beautiful letter and thank your mother for helping you write it and sending it to me. What a wonderful mother you have. I picked her especially for you.
I send my blessings every day and remember that I love you very much. By the way, I’m easy to find, I am wherever there is love.
Love, God…


22 comments:

Gislene Ellery said...

Conforta o coração ler coisas assim.... Faz a gente ter certeza que o bem existe e que vale a pena. Obrigada pelo post! Bjo

Simone Arrais said...

Quem é que começa uma manhã com lágrimas nos olhos??? lol Oh, Nia, linda história. Me lembrou um pouco o livro A Cabana. Bjs, bjs!

mdgtjulie said...

I've seen that story before, but it never fails to bring tears to my eyes!!

Pumpkin said...

What a sweet story! I wonder who the kind person was...

Carina87 said...

Que história linda! Comoveu-me bastante...bem acho que a todos que lêem este post. Bjocas

Maria... said...

Oi Querida, que linda mensagem.
Há uns meses atrás perdi a minha cadela Suzi, realmente me senti como essa criança,triste e com saudades.
É com mensagens assim que aprendemos a seguir em frente,sabendo que Deus está ao nosso lado, seja qual for a situação. Beijos.

Atelier Caseiro said...

Nia, com lágrimas nos olhos lembrei-me dos cachorrinhos que já passaram aqui em casa e agora brincam no céu!
Obrigada por compartilhar o texto de amor! =) Boa sexta!

O baú da turma da Mónica said...

Olá é uma bonita história me fez lembrar da minha cadela que também faleceu com 13 anos beijos

Rafa said...

Que história linda...e que pessoa mais sensível essa que respondeu...existem atitudes que dinheiro nenhum compra !
A pequenina lembrará para sempre disso...tenho certeza !

Eu vivia pediu o "telefone de Deus" pra minha mãe, quando minha vó faleceu (eu tinha 3 anos), porque queria matar a saudade...hehehe

Emocionou :)

Obrigada por compartilhar!

Um grande beijo fumiga

ei! kumpel said...

ohhhhhhhhh ainda há gente boa no mundo :) :) que lindo!

Get Crafty!!! said...

Que lindo!

Sabe, eu acredito muitas vezes que é Deus mesmo que, através das pessoas faz coisas do tipo. Isso é inexplicável.

Beijos@!

Annette said...

Ow Nia what a wonderfull story!!
It's made me cry..
What a beautifull and lovely person it was to send something back..

Carla said...

What a beautiful story... It made me cry <3

Francesca Violetta said...

Nia, what a sweet story... I'm crying... to loose one of our pet is very hard to accept... I lost my dog Goldie 9 years ago but I still miss her...

Ana said...

Adorei a história amiga. Não consegui conter as lágrimas. obrigada por teres partilhado esta história com todas nós.

Muitos beijinhos.

Rita Isabel said...

Oh Nia que história maravilhosa. É impossível ficar indiferente.
Ainda há muita gente boa e crente neste mundo.
Como sou crente esta história tocou-me ainda mais. Faz-me ter ainda mais fé e confiança em Deus.
Bjs
Rita

Dinny Ristinia said...

I'm having teary eyes when reading it.. A touching story indeed..

jacqueline said...

Dearest sweet nia, that is such a beautiful story! Thanks so much for sharing. I hope you are having a wonderful weekend sweet friend! Happy sunday and love to you!

Carol said...

I'm sitting here teary-eyed, Nia--thank you for sharing such a sweet story :)

Paty said...

Lindo!
sem palavras!
Obrigada por compartilhar

bj

CristinaLopes said...

Fez-me lembrar do meu gato... Que saudades do meu bichano!! =(

Se todos os adultos tivessem gestos tão nobres como essa menina de 4 anos tenho certeza de que não vivíamos num mundo tão frio!

Adorei a história! Obrigada! =)

Cibele Studart said...

Uauuuuu.... essa me fez chorar de verdade (oooops, enxugando pois estou no trabalho!).
Linda história.

Post a Comment

Os vossos comentários fazem-se sorrir :) Obrigada!!

Your comments make me smile :) Thank you!!